XM – Brincou comigo (Projecto XM)

Tropecei neste vídeo e achei curioso pois uma das siglas que algumas pessoas me conhecem é XM. Apesar de não ter nada a ver com este projecto, entrou-me bem. Deixo aqui a letra pois não encontrei online.

http://www.youtube.com/watch?v=GiMXZpVK7Lw

Eu não sei o que tenho
Mas sinto-me intoxicado
Seu beijo é saboroso
Mas está envenenado
Tem um sorriso glamoroso
E um corpo muito desejado
O seu ventre é sedoso
O seu cu bem desenhado
O veneno é poderoso
Pois eu estou enfeitiçado
O seu peito é caloroso
E eu quero ser abraçado
Sei que respiras paixão
E eu fiquei apaixonado
O meu coração é frágil
Ela é um atentado
A toxina é poderosa
Altera o meu ADN
Mas a cobra é tão gostosa
Pois até o padre a teme
A voz dela é sinfonia
Enquanto está por cima e geme
O seu orgasmo é fabuloso
Enquanto grita XM
É venenosa e mordeu-me
Deixou-me num alvoroço
É doce como o chocolate
E eu sou tão guloso
Tenho pena que seja
Mais conhecida que o tremoço
E isso faz-me confusão
Pois são 30 cães a um osso

Ela brincou comigo
Intoxicou o meu ser
Eu estou possuído
Deixei-me morder
O veneno foi introduzido
Eu sinto o corpo a ferver
O gelo foi derretido
Sem que pudesse perceber
Eu estava a ser iludido
Já nada havia a fazer
O feitiço foi concluído
Ela brincou comigo
Ela brincou comigo

De dia é Cinderela
Na noite mulher cadela
Um ser independente
A quem ninguém põe a trela
Sempre bem produzida
Capaz de parar a rua
Assim que o sol se põe
Ela brilha mais que a lua
Vai à festa da mangueira
Vai ao baile da sopeira
Ou ao chá da mulher casada
E à party da mãe solteira
Arde como um tacho ao lume
Porque é quente como a lareira
Exige muita resistência
De segunda a sexta-feira
É impossível desistir
Perante tal situação
Difícil é resistir
Já que devora tesão
Gosta de hip-hop e R&B
Mas parte é no Kuduro
Eu casava-me já aqui
Pois teria um bom futuro
Mas o meu saldo é negativo
E ela não gostou do extracto
Eu é que acabei fodido
Sinto que abracei um cacto
Eu sou o branco indicado
Se quiseres ter um mulato
E o contraste é perfeito
Quando tiras o retrato

Ela brincou comigo
Intoxicou o meu ser
Eu estou possuído
Deixei-me morder
O veneno foi introduzido
Eu sinto o corpo a ferver
O gelo foi derretido
Sem que pudesse perceber
Eu estava a ser iludido
Já nada havia a fazer
O feitiço foi concluído
Ela brincou comigo
Ela brincou comigo

Altera o meu ritmo cardíaco
Morena do olho claro
O seu poder é demoníaco
Seu cheiro enganou o meu faro
Envenenou o meu interior
Criou ferida que eu não saro
Aquele olhar dominou-me
Num jogo que me saiu caro
Mulher é bicho esquisito
Difícil de compreender
Não dá para entrar em conflito
Acaba sempre por vencer
É mula teimosa
Nunca dá braço a torcer
Psicóloga perigosa
Deixa-me o sangue a ferver
Modelo de passerelle
Cabelo ruivo cor de fogo
A capuchinho vermelho
Quer ser mordida pelo lobo
Mulher vegetariana
Que só come carne viva
Não constrói relação
Só amizade colorida
80 quilos de fêmea
Chantrona de primeiro nível
Gordura é formosura
E nela isso é bem visível
Quarentona gostosa
Trintona irresistível
Todo o buraco é trincheira
A guerra é imprevisível

Ela brincou comigo
Intoxicou o meu ser
Eu estou possuído
Deixei-me morder
O veneno foi introduzido
Eu sinto o corpo a ferver
O gelo foi derretido
Sem que pudesse perceber
Eu estava a ser iludido
Já nada havia a fazer
O feitiço foi concluído
Ela brincou comigo
Ela brincou comigo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *