Uma pergunta quanto à ZON

Se eu desenvolver um site, o colocar online e todos os clientes da ZON não conseguirem aceder ao mesmo para que numero de telefone, email, morada, departamento devo contactar?

Já tentei vários e fiquei pasmado com a resposta:

Só um cliente ZON é que pode fazer reclamação da falha de um site

Mais, dizem não ter um único acesso à internet para confirmar a situação e verificar que de facto a mesma existe. Será possível que em todo o apoio técnico não tenham um único acesso?

Esta situação é de me deixar pasmado.

No meu caso tenho um servidor com diversos sites alojados e nenhum deles pode ser acedido pela ZON desde as 17horas de hoje.

Soluções? A ZON não tem.

Podia a ZON ter um bom serviço? Podia, mas não era a mesma coisa

8 thoughts on “Uma pergunta quanto à ZON

  1. pois..sem dúvida que o anúncio a cabovisao com o são bernardo responde perfeitamente se os vários ISP em portugal podem ter um bom serviço?
    Poder, podiam, mas certamente que preferem trocar a inicial desse mesmo verbo por um F..

    ou então não seria Portugsl comandado pela PT com Golden Share governamental

    “o sistema perpetua-se à custa dos contribuintes e a vaga percepção da realidade”

    Facto: a zon tem um serviço falível
    ordem: os clientes reclamam para um atendimento miserável
    consequência: as vendas e as acções da zon baixam
    conclusão: a PT fica com mais clientes

    realidade: tudo não passa de um esquema para o sistema se perpetuar à custa do contribuinte pagador explorado

  2. Caro Hugo Gameiro,

    Após ter lido o seu post, gostaria de o ajudar a resolver a situação que apresentou.

    Sou um dos moderadores do forum da ZON (http://foruns.zon.pt) e por forma a resolver as suas questões gostaria que se pudesse registar e enviar-me uma mensagem privada com algum dado que me permita aceder à sua ficha de cliente.
    Como por exemplo: Número de cliente, telefone de contacto ou número de BI.

    Agradeço a atenção que me dispensou e estarei disponível para qualquer questão adicional.

    Atentamente Nélio D

  3. Caro Hugo Gameiro,

    Como informei há 2 dias, gostaria de o ajudar e lamento ainda não ter recebido uma mensagem sua no fórum em http://foruns.zon.pt.

    Se ao menos pudesse enviar algum dado no fórum, que me permitisse aceder à sua ficha de cliente.

    Agradeço a atenção e estou disponível para qualquer questão.

    Atentamente Nélio D

  4. Nélio

    Agradeço a sua atenção.

    No entanto para me registar no forum necessito ter uma conta de cliente e de novo retorna à questão deste post:

    Só um cliente ZON é que pode fazer reclamação da falha de um site

    Este é a questão que faço com este post.

    O problema já se encontra resolvido e já obtive a confirmação de que o problema era global na ZON. Fui contactado por alguém que realmente sabia o que estava a falar e não me pediu para reiniciar o router 🙂

    A questão é simples. Eu tenho um site que não está acessível na ZON e eu não sendo cliente ZON onde posso reclamar isso?

  5. Caro Hugo Gameiro,

    Fico satisfeito em saber, que o situação já foi resolvida. No entanto caso esta contrangimento volte a acontecer, necessito que reporte toda a situação em http://foruns.zon.pt/e assim poderei encaminhar a situação e certificar-me que devidamente resolvida.

    Obrigado.

  6. Desculpa lá Hugo, mas quando vi isto aqui tinha que vir cá mandar uma posta de pescada.

    Quer dizer, tanta pergunta nos foruns da ZON, nomeadamente em relação ao Traffic Shapping, e este moderador não responde a ninguém (a não ser a resposta copy paste que eles lá têm), e vem para os blogs dos outros querer ajudar! Hehe. Eu não acho mal que tenham vindo cá “postar” isto, mas já agora, resolvam os problemas aos vossos clientes também.

    Um fornecedor de internet, que escolhe a forma de como os seus clientes devem navegar na internet faz-me lembrar assim…o Hitler e malta dessa. Um gajo quer ir buscar um uBuntu, ou qq outra distribuição gratuita em p2p, e eu que tenho 20Mbit de linha, tiro-o a 30Kb/s…

    Enfim, fica o desabafo
    Abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *